[Dossiê – Logan]Sede de Sangue

images

“ SEDE DE SANGUE – Um bando de justiceiros bêbados persegue um psicopata pelas planicies geladas do Yukon. Eles o querem morto.
SEDE DE SANGUE – Uma raça de criaturas místicas invade o Norte do Canadá. Eles têm fome… de almas.
SEDE DE SANGUE – O mutante Wolverine, dono de garras furiosas, se perde na infinita nevasca do Ártico. Cuidado: ele está fora de si.
SEDE DE SANGUE – Uma tenebrosa imersão na pura selvageria animal.”


Wolverine: Sede de Sangue.
Edição Especial. 52 páginas, Formato Americano, Editora Abril, 1992.
Roteiro: Alan Davis
Desenhos: Alan Davis
Arte-Final: Paul Neary
Cores: Bernie Jaye
Publicada originalmente em Wolverine: Bloodlust n° 1/1990 – Marvel Comics

Com arte e roteiro do consagrado Alan Davis, Wolverine: Sede de Sangue é, possivelmente, uma das histórias mais estranhas protagonizadas pelo mutante canadense. Nela vemos o bom e velho Logan envolvido numa trama de mistério e violência, que desemboca numa caçada selvagem a “Pés-Grandes Hippies Renegados” em meio às planícies gélidas do norte do Canadá. Sim, isso mesmo!
Originalmente a história foi publicada em formato de luxo, e serve, na prática, como Anual do Wolverine para o ano de 1990. É importante ressaltar que essa deve ser a primeira história totalmente escrita por Alan Davis para um título do Universo Marvel, pois, anteriormente ele havia sido creditado apenas como co-autor ou co-argumentista em algumas histórias do Capitão Britânia e do Excalibur.

Na trama Wolverine, bombardeado com estranhas e inexplicáveis visões de terríveis assassinatos, acaba se envolvendo numa briga de bar, que o leva a conhecer a jovem Saskia. No gélido território de Yukon, no Canadá, os dois acabam sendo atacados por monstruosas criaturas selvagens, que despertam a “sede de sangue” do nosso protagonista e acabam por raptar a garota. Para resgatar sua, recém conhecida, amiga, Logan se vê no meio de um embate místico, protagonizado pelo exótico povo Neuri: seres humanos “evoluídos”, pacíficos e harmoniosos, que lançaram sua mente coletiva ao espaço, e que viviam numa utopia apartada da sociedade. Ou seja, uma espécie de povo “pé-grande” com um toque de new-age, muito, muito estranho.

unnamed

O primeiro e mais importante ponto positivo da edição são os desenhos do Alan Davis com a Arte-Final do Paul Neary. A arte é realmente sensacional, vazem valer a HQ. Outro ponto interessante está na caracterização do Logan, sua batalha interior –refletida pela “batalha exterior” que permeia e dá vida à trama principal. A dicotomia entre selvageria/brutalidade e harmonia/paz, que sempre permeou as histórias do personagem, são bem trabalhadas aqui, com direito a meditação antes de vestir o uniforme do Wolverine, numa das paginas mais emocionantes para quem é fan do personagem.

Vale ressaltar que nesta edição, somos apresentados à ideia de que o esqueleto de adamantium atrasa uma possível harmonia de Wolverine com seu lado animal, uma vez que o seu fator de cura luta constantemente para rejeitar o metal. Tal ideia seria reaproveitada mais a frente por Larry Hama no título solo do mutante.

WBLST_Meditate

A história, em termos de trama e roteiro, é ruim, apesar da boa ideia de trabalhar um conflito externo, que reflete os conflitos internos do personagem. Muito disso se deve ao fato da história soar estranha, ou melhor, bizarra demais. Todo o pano de fundo envolvendo os Neuris, outros planos, energias místicas, etc., não funciona. Além de ser muito tosco, não combina em nada com o personagem. Uma prova disso é o fato de que tal “povo” não é mais aproveitado no Universo Marvel (salvo uma ou duas histórias obscuras), em realidade é totalmente ignorado.

WBLST_Neuri.jpg

Leia as figuras, ignore o pano de fundo e a trama principal, aproveite os bons momentos do Logan, e terá uma edição bem legal (que não deixa de ser estranha). Por último, é necessário lembrar que Alan Davis também foi o responsável pelos desenhos do título solo do Wolverine antes da “morte” do personagem, durante a fase “Marvel Now”, publicada já na integra pela Panini no Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s